Wemystic

Kakebo: o infalível método financeiro para não ficar no vermelho!

O Kakebo auxilia na organização financeira e na realização de objetivos a longo prazo. Confira!

Kakebo: o infalível método financeiro para não ficar no vermelho!

Se você tem dificuldade de guardar dinheiro e, por isso, está sempre no vermelho no fim do mês, saiba que isso pode ser fruto de uma vida financeira desorganizada. A boa notícia é que temos o Kakebo, um método financeiro que promete mudar essa situação, permitindo que você passe a administrar as finanças com sabedoria e, assim, construir uma realidade próspera em todos os sentidos. 

Nessa lógica, apresentaremos um método financeiro infalível que vai te ajudar a sair de uma situação crítica ou evitar chegar nisso. Entenda melhor a seguir! 

O que é Kakebo?

O Kakebo surgiu no começo do século XX e foi desenvolvido por uma mulher, seu nome era Motoki Hani. Seu objetivo era auxiliar mulheres, que cuidavam das despesas do lar, a administrar melhor o dinheiro, para que, assim, fosse possível organizar as despesas próprias, do marido e dos filhos.

Hani foi uma das primeiras mulheres a ingressar na universidade, afinal o Japão ainda é um país conservador e patriarcal. Na época, as mulheres se casavam para cuidar da casa, e precisavam manusear o dinheiro como podiam, para conseguir suprir todas as despesas

Dessa forma, o Kakebo é criado como uma maneira de estruturar as finanças, por meio de uma agenda. Atualmente o método pode ser utilizado de forma convencional, ou seja, diretamente no papel, mas tem quem prefira adaptá-lo para o digital.

A grande diferença do Kakebo para outras técnicas é que ele foca na economia e não nos gastos. Ou seja, consiste em estipular uma quantia a ser reservada por mês, desse modo, a pessoa deve se comprometer a cumprir tal meta.

Como funciona o Kakebo?

Para saber como funciona o Kakebo é preciso entender que o método engloba dois personagens principais: o Porco e o Lobo. Enquanto o primeiro diz respeito sobre economias e sonhos a longo prazo, o segundo se trata de gastos e aquisições a curto prazo.

Sendo assim, ao colocar no papel, fica muito mais fácil compreender as despesas e evitar gastos desnecessários. Afinal, quem tem objetivos bem estruturados para o futuro, consegue poupar dinheiro e não cai na armadilha de apenas aproveitar desejos momentâneos.

O Kakebo nada mais é do que um livro que possui espaços para documentar o total de dinheiro que entra, como também as despesas semanais. Nesse sentido, o método é uma ótima opção para quem procura uma ferramenta extremamente completa, já que apresenta divisões para cada tipo de consumo, como, por exemplo, lazer, contas e gastos extras.

Por que aderir ao Kakebo?

Se você deseja ser mais responsável com suas finanças e saber exatamente como está gastando seu dinheiro, então deve aderir ao Kakebo. Infelizmente, muitas pessoas consomem mais do que ganham, assim todos os meses têm dificuldades financeiras

Sem contar a fatura do cartão de crédito, que chega com valores exorbitantes e compras que não se sabe a origem. Para evitar esse tipo de coisa, basta organizar melhor as finanças e o Kakebo serve para isso.

Outra função dessa ferramenta é guardar dinheiro para começar novos projetos e investimentos, assim fica fácil concluir sonhos e objetivos no futuro.

Dicas para utilizar o método

Para a organização financeira realmente surtir efeito, é necessário anotar tudo o que você recebe, bem como todas as despesas. Além disso, estipule o valor que deseja poupar no primeiro mês e, nos próximos, tente aumentar suas economias aos poucos. Lembre-se que não adianta começar o método e perder a consistência ao longo do tempo.

Com esse tipo de organização, no final do ano, você terá um parâmetro amplo sobre sua vida financeira. Outra dica é guardar os comprovantes de compras, dessa forma você saberá exatamente onde gastou seu dinheiro. Vale ressaltar que o Kakebo é encontrado facilmente em livrarias físicas ou online. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Espiritualidade
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments